terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Energias Universais. Isso ECXISTE! Kundalini

Kundalini é o poder do desejo puro dentro de nós. A energia de nossa alma e de nossa consciência. A emanação do infinito, da energia cósmica que vibra dentro de cada ser humano. Como energia criativa,o Kundalini pode ser imaginada a uma serpente enroscada e adormecida na base da coluna e, que ao ser despertada, expande de forma extraordinária nossa consciência.

Kundalini é a potencialidade que todos nós temos e somos capazes de ser.
O despertar da energia Kundalini nos conscientiza de nossas capacidades criativas e torna possível a nós , seres humanos, com identidades finitas, a oportunidade de nos relacionarmos com nossas identidades infinitas. Isto ocorre quando o nosso sistema glandular é ativado junto ao nosso sistema nervoso e estes são combinados para criar um movimento ou fluxo no fluído espinhal, numa sensitividade nas terminações nervosas. Nestas condições, o cérebro recebe os sinais e os integra obtendo como resultado, uma forte percepção que se expande numa tremenda claridade. Pode-se perceber os efeitos e os impactos de uma ação antes dela acontecer e assim, adquirimos o poder da escolha de agir ou não. A consciência nos dá esta escolha e a escolha nos dá liberdade.
Quando há um fluxo constante da Kundalini, é como se estivéssemos nos despertando de um longo cochilo. Deixamos de viver numa realidade imaginária e nos tornamos compromissados com nossos propósitos e metas, aproveitando muito mais os prazeres da vida.
O nosso sistema foi construído para sustentar o despertar da energia Kundalini, resta-nos saber se estamos usando-a em toda extensão desta potencialidade.
O fluxo da Kundalini é liberado a partir do Chakra do umbigo e sobe até o chakra da coroa, acima do topo da cabeça; daí, a energia começa a descer passando pelos chakras até a base de nossa coluna. Depois de alcançar o chakra raíz, ela volta para o centro do umbigo.
A ascensão da energia é o caminho para a liberação. É chegar a percepção de que a realidade de Deus está dentro de cada um de nós. A ascensão da Kundalini é o desenroscar da consciência Divina, o testemunho da realidade do poder ilimitado que é a essência de nossas almas.
A descida da kundalini é o caminho da manifestação. Os chakras se abrem nesta descida. E assim que os chakras se abrem e nossa essência é consolidada em nosso caráter, os nossos dons são integrados em nossos comportamentos e ações. Talentos se tornam uma parte prática em nossas vidas.
O que nos referimos como manifestação aqui são as 'vibrações' que é uma tradução aproximada do termo sânscrito Chaitanya. Chaitanya (vibrações). É a força integrada de nosso ser fisiológico, mental, emocional e religioso. Portanto, a descida da energia Kundalini simboliza esse despertar de nosso potencial e nos traz a consciência de Deus para todas as nossas atividades cotidianas.
A iluminação ou auto-realização é conquistada quando o ciclo de ascensão e descida se completa.

A Auto-realização é o nosso primeiro encontro com a verdadeira realidade,o despertar da Grande Mãe dentro de nós e que irá cuidar de nós, dando toda proteção que precisamos.
A kundalini nos cura, nos melhora e nos confere todas as bênçãos. Ela varre para fora de nossa realidade, todas as nossas preocupações dos níveis mais grotescos.


quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

Sampa, 463

Sampa, sua linda! Te amo incondicionalmente. Linda, louca, que corre, que anda, que para.

Que respira - ou não... Menina de artes verdadeiras. Da seca, da garoa e da tempestade.

Dos trânsitos de todas as espécies. Dos buracos e dos elevados. Das pontes fixas e estaiadas.

Do Metrô e da falta do Metrô. Das faixas exclusivas, do moderno e do velho. Das riquezas, dos remediados e da miséria.

Cidade que vende, que compra. Que come de tudo e a qualquer hora. Cidade que não fecha, que não para.

Cidade que fala, que clama, que reclama. Mas que festeja, também. E como sabe festejar! Te amo de qualquer jeito.

Cidade das diferenças, das igualdades.

Da solidariedade, da fraternidade. Mas confesso que tenho um pouco de angústia e tristeza com os abandonos de coisas, gente e lugares.

A indiferença dos outros me chateia, me alerta e me convida a lutar mais.

Te conheço: és forte. És lutadora. És guerreira. E teus amantes, assim como eu, te sustentarão, te ajudarão e, juntos, viveremos essa paixão desenfreada.

Te amei no passado. Te amo no presente e te amarei no futuro.
Menininha de 463 grandes histórias pra contar.

Parabéns, querida! 25 de janeiro é seu aniversário!!!

Bira Castellano